Pesquisar

Karla Maria na 3.ª Bienal Internacional do Livro de Guarulhos

Escritora participou dessa edição no sábado, 16/3, às 13h; lançou seu novo livro Invisíveis e falou sobre “Mulheres reais, uma radiografia do Brasil”

Mais uma edição da Bienal Internacional do Livro de Guarulhos, e pela terceira vez, a jornalista Karla Maria fez parte da programação com seu mais novo livro Invisíveis, quando a rua é morada, o vírus é só mais uma ameaça, publicado pela Editora Patuá e disponível na Bienal no estande da Paulus, casa editorial dos demais livros da autora.

A escritora apresentou uma palestra no dia 16, às 13h.

“É uma alegria voltar a Guarulhos e falar sobre a relevância dos livros na humanização e reflexão sobre os direitos humanos, sobre os direitos das mulheres que têm sido vítimas de um sistema que as pune de diversas maneiras. Mulheres reais, uma radiografia do Brasil é o tema da minha palestra. Tema atravessa meus livros, meu olhar na apuração jornalística”.

Karla viveu em Guarulhos por dez anos, é membro da Academia Guarulhense de Letras e autora das obras de não-ficção Mulheres Extraordinárias (2017), O Peso do Jumbo – Histórias de uma Repórter de Dentro e Fora do Cárcere (2019), Irmã Dulce, a Santa Brasileira que Fez dos Pobres sua Vida (2019) e Invisíveis – Quando a Rua é Morada, o Vírus é Só mais uma Ameaça (2023).

Na ocasião, a escritora recebeu leitores para bate-papo e dedicatórias no estande da Paulus Editora (14).

“Lançamos meu novo livro no final da minha gestação e não pude divulgar tanto quanto essa obra merece, por isso, convido meus leitores a virem conhecer meu novo trabalho e aproveitarem os livros dos colegas nos corredores da Bienal de Guarulhos”.

A 3ª Bienal Internacional do Livro de Guarulhos foi gratuita e aconteceu de 15 a 24 de março, de segunda a sábado, das 10h às 22h, e aos domingos, das 10h às 20h, no Espaço Inter, na Av. João Cavalari, 133, Vila Hermínia.

Compartilhar: